Pesquisar neste blogue

21 de setembro de 2011

Estatísticas dos pacotes de açúcar

Ainda não chegamos ao final de Setembro e já vamos pelas minhas contas em mais de 1850 postos a circular ao grande público ou em encontros, alguns "secretos", isto é um número por baixo. Já estão incluídos os 289 + 54 do encontro da CLUPAC.
Quem se queixa de falta de motivos para coleccionar, ora aqui está um bem forte, temos uma colecção com bastante dinamismo.

Só este ano já foram emitidos cerca de 40 % da minha colecção de Portugal.

Não deixem de coleccionar, é a mensagem que deixo.

4 comentários:

Anónimo disse...

És um contraditório , ora afirmas que este tipo de colecionismo é dinâmico , ora afirmas que é uma treta com feiras e exposições só para sócios , onde alguns pacotes só são para alguns , com tantos pacotes em que só muda a numeração. Não entendo, nem sabes o que dizes...

Pedro Rodrigo disse...

Não sei o que digo, mas digo sem anonimato.

Sou sim contraditório, polémico, crítico, irónico .....mas as verdades são para ser ditas.

Quero lá saber dos pacotes que só alguns mandam fazer para consumo próprio ou para venderem, quero lá saber dos pacotes ou séries que se vendem a 200 euros ou mais, importo-me apenas com aqueles que me interessam e entre eles não estão os numerados, cores diferentes desinteressantes, como é o caso do nosso café, ou alguns sem nenhum tema que interesse.

Tenho pena do que se passa no Reino dos pacotes, com tanto especulador, vendedor, e gente sem princípios, não espero grande futuro para esta minha colecção. Só não acabam porque ainda contêm açúcar e são utilizados diariamente nos estabelecimentos comerciais.

Muito mais havia para ser dito, mas fico por aqui, não sem antes dizer o seguinte : o dinamismo poder ser interessante, mas ao mesmo tempo desinteressante, veja o que se passou com as ATM em Portugal, tanta variedade de máquinas, impressões de cores, tanto secretismo, hoje em dia devem ser para aí meia dúzia a coleccionar, não se esqueça quando as pessoas deixam de conseguir peças para a colecção, das duas 3 ou deixam de coleccionar ou começam a coleccionar temas ou mudam de colecção, para aquela que estiver a dar "dinheiro", ou seja rentável.

Cps

Fringosa disse...

Onde é que Eu já vi isto!?... Penso que, nos finais dos anos 70 princípios dos anos 80 do século XX.
Uns tais de impressores de imagens, resolveram dar o golpe do BAÚ... E à que começar a imprimir milhões de calendários de bolso.......... Foi um "rega bofe" do limpa o sebo ao otário.
Hoje, esses milhões de calendários valem uma pipa de massa...... Ou não valem nada?...
Haja paciência.........

Pedro Rodrigo disse...

Tal e qual como os calendários, estão a ser feitas paletes e paletes de pacotes de açúcar.

Cabe ao coleccionador selecionar o que quer coleccionar e como coleccionar.

Já ultrapassamos os 1900 este ano e acho que ainda tenho mais umas novidades para actualizar.

Cps