Pesquisar neste blogue

9 de fevereiro de 2011

Provas - testes - taxas serviço - valores minimos erros

Há quem diga que as provas não têm valor filatélico, talvez, no entanto devem valer alguma coisa, é uma questão de procurar nos catálogos ou sites.
Desta vez não consegui estes exemplares numa máquina perto de si, mas numa troca, aproveitando agora para agradecer publicamente.


Provas -



7 comentários:

Vítor Vieira disse...

Então tiraste a opção de comentário da outra mensagem!!!!!!

A descrição que fazes é um fratote , então após umas buscas encontraste uma máquina SMD a preto !! e outra a imprimir ao contrário e também a preto!!!!vai lá vai , em breve encontras Deus.

Tu não encontraste coisa nenhuma

Fringosa disse...

«...em breve encontras Deus.» Então não sabias que o Pedro já encontrou o "deus" criador destas aberrações.
O amigo Pedro é um "apóstolo" que prega os mandamentos desse "deus".
Agora só falta espalhar as aberrações pelo reino dos otários.

Fringosa disse...

«Após alguma busca nas máquinas, consegui encontrar uma máquina SMD, a imprimir a preto e outra a imprimir a preto e ao contrário, no ano de 2003.»

A prova que estás a mentir é que ambas foram retiradas da mesma máquina.
É só reparar nas linhas horizontais de impressão.

É preciso ter lata.............

Fringosa disse...

Temos mais:
Após uma vista mais atenta deste lixo, o corte é igual - curto em cima, largo em baixo.

Colecciona o que queres, mas não faças dos que realmente coleccionam ATM's anjinhos.

Vítor Vieira disse...

Pedro és livre de publicares o quer que seja , é óptimo para sabermos o que existe. Não podes é dar falsas explicações às pessoas para a existência desse material. Bastava não dáres descrição às séries ou então afirmar que as obtiveste através de umas trocas , isso é legítimo , agora afirmares que após umas buscas encontraste por aí nas máquinas ao CONTRÁRIO !!! É impossível algum chefe de estação colocar um rolo ao contrário , pois para existirem Etiquetas com impressão inversa , alguém talvez da manutenção das máquinas teve de cortar uma tira de várias etiquetas e depois voltar a colá-la no rolo com fita cola , mas a pedido de alguém que quer é negócio. Fizeste umas trocas e sei bem com quem foi, secalhar deste umas coisas boas em troca de lixo que não vai servir para uma colecção digna , mas tu é que sabes , isso não é material bom. Os Testes são óptimos para a montagem de uma colecção , uma tira sem taxa também , agora invertidos e papéis dos anos 90 em Euros valha me Deus , isso nunca esteve nas Máquinas ao público , foi produzido por alguém indgidamente para o coleccionismo de selos. E por estes motivos é que muitos Filatelistas depreciam as Atm´s. Não leves a mal é apenas conselhos para teu bem e para a tua colecção

cumprimentos

Fringosa disse...

Colecciona o que queres, és livre, mas, não ofendas a inteligência dos outros.

Nem sabes ver que esse lixo que mostras, foi todo fabricado pela mesma máquina e, na mesma altura.

Pedro Rodrigo disse...

Pois é coleccionar atm's, é tambem coleccionar determinadas peças, a que alguns chamam "lixo", eu não lhes chamo "Lixo".

Talvez esteja enganado ou equivocado, se foi na mesma máquina ou não já não me lembro muito bem, pois já foi há uns anos, pelo que deixo essas considerações para os especialistas e entendidos nessas matérias, pois não percebo nada de mecânica nem engenharia, apenas coloco moedas nas máquinas para imprimir(=fabricar) atm's.

Estas coisas não são fabricadas, excepto as amostras, acontece aparecerem às vezes nas máquinas. É uma questão de sorte e informação, por vezes os funcionários cometem erros ao colocar os rolos, como foi o caso de recentemente existir uma máquina a imprimir no verso das atm's. Certas pessoas como não têm dizem logo que é fabricado, manipulado, falso e etc, esquecendo-se que estas por vezes valem mais que as ditas normais, que todos coleccionam, ficando com a coleccção de "autocolantes" igual à dos vizinhos.
As atm's são autocolantes com um valor imprimido, que continuarão a existir ou talvez até desapareçam por vários motivos entre os quais vandalismo de máquinas, pouca rentabilidade, pois cada vez mais as pessoas comunicam mais por mails e outros meios, já só recebemos contas para pagar no correio, que não trazem selo ou atm há muito tempo, e até para isso já inventaram um sistema para receber por mail/internet.

Muito mais haveria por dizer neste mundo das atm, no entanto tenham presente que a partir do momento em que uma atm é posta em circulação pode aparecer nas máquinas até que alguém diga que já não possa ser imprimida, por acaso tenho umas que foram imprimidas dois anos, salvo erro, antes de serem emitidas.
Não serei certamente a pessoa mais informada do mundo, mas desconheço normas e informações deste tipo relativas às atm's, excepto salvo erro, uma norma que proíbe a circulação atm's de uns determinados papeis, será que proíbe a impressão??
Em muitos Países os selos não têm validade, pois no nosso País têm para sustentar alguns negócios.

Certamente não serei o moralista das atm's, apenas um coleccionador que mostra aquilo que existe e tenta contribuir para uma maior divulgação do coleccionismo. tenho pena que não haja mais colaboração entre coleccionadores que se dizem amigos, mas tenho de encaixar pois coleccionar é como caçar, é como negociar, o segredo é alma do negócio.

Afirmam que sabem com quem troquei e que dei coisas boas, perguntem a quem vós sabeis que trocou comigo o que dei em troca. Muitas trocas falham por que as pessoas se fazem difíceis e acham sempre que o que têm é mais valioso que o que querem trocar, então para que raio querem trocar se não vale nada.
Não quero gozar com a inteligência de ninguém, embora possa admitir alguma ironia da parte, pois como devem saber tenho uma forma particular de estar no coleccionismo, que certamente não é idêntica à vossa, temos pena.

Obrigado pelos comentários.